Sábado, 20 de Dezembro de 2008

A travessia da ponte

Gosto  muito de fazer caminhadas. Já encontrei algumas situações difíceis, mas nunca uma situação semelhante à que vou descrever no problema que vou apresentar. Pelo menos, em Portugal, não conheço nenhuma ponte que suporte apenas duas pessoas de cada vez. Esta parece mais uma ponte das que aparecem nos filmes de aventuras, tipo Indiana Jones. Só na minha infância tenho a vaga lembrança de ter atravessado um ribeiro por cima de um tronco de azinheira, mas foi apenas circunstancial. Vou então contar a história do problema, que é inventada.

Alguns elementos da família Crespo, que tem uma casa perto do rio Erges, decidiram há tempos fazer uma caminhada até à confluência com o rio Tejo. Como não conheciam bem o percurso decidiram ir ao longo do rio, esperando regressar antes do anoitecer. Caminharam, caminharam e chegaram ao Tejo. Decidiram regressar por outro caminho que não conheciam e numa certa altura verificaram, com surpresa, que para continuarem tinham pela frente uma ponte de corda, bastante estreita, alta e periclitante.

 (Imagem retirada da internet)

Entretanto a noite aproximava-se e era necessária uma luz para fazer o caminho. O pai que era homem previdente tinha levado uma pilha. Era preciso atravessar a ponte o mais depressa possível. Os quatro "aventureiros" aproximaram-se e estudaram a ponte e verificaram que:

- O Ângelo era capaz de atravessar a ponte em 5 minutos;

- A Laura, irmã do Ângelo, disse ser capaz de fazer o percurso em 7 minutos;

- O pai Geraldo, disse que já estava um pouco cansado e que demoraria pelo menos 11 minutos;

- O avô Marcelo disse que demorava seguramente 20 minutos.

Era preciso actuar rapidamente, já era noite e a travessia tornava-se mais difícil. Decidiram então estabelecer um plano, depois de verificarem que apenas dois de cada vez poderiam atravessar a ponte e era necessário utilizar sempre a única luz que possuíam.

 

Como deviam os quatro aventureiros organizar a travessia da ponte, de modo a demorarem o menor tempo possível?

 

Imaginem agora que em vez de quatro aventureiros eram cinco, contando com o sobrinho do pai Geraldo,  o Leandro, que fazia a travessia da ponte em oito minutos. Quanto tempo demorariam agora a fazer a travessia da ponte e como deviam proceder?

publicado por Frantuco às 01:18
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A travessia da ponte

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.palavras-chave

. todas as tags

.links

.visitas

track web site traffic
Netflix Rental
blogs SAPO

.visitantes